Pular para o conteúdo

A Menina De Dois Anos Que Toca Piano, Lê, Escreve E Recita Poemas

    A Menina De Dois Anos Que Toca Piano, Lê, Escreve E Recita Poemas 1

    Claudia Aranda é uma moça de Almuñécar (Granada), que tem pouco mais de 2 anos e está apaixonado das letras e da música. Ainda leva fralda e é qualificado de recitar poemas de Antonio Machado, Federico García Lorca e Lope de Vega, tocar piano e identificar mais de 300 pinturas.

    “Primeiramente não queria crer, quando eu lia púnhamos desculpas visto que não consegui sentido a tudo que fazia, e no momento em que começou a somar, bromeábamos”, explica Sandra Gonzalez, mãe da criancinha. Após algumas visitas a Praxis Clínica, uma clínica de Granada, descobriu-se que Claudia é superdotada e que tem um Coeficiente Intelectual de 146 pontos na Escala de Inteligência de Wechsler.

    Tudo começou com o conto de Frozen. “Eu me lembro que eu escondia para brincar com algumas coisas, entretanto ela sabia e me pedia. Nós nos tornamos a leitura em qualquer coisa lúdico e estamos muito animados por fazer isto”, declara a mãe. Após isso, a Sandra, ocorreu-lhe doar uma demão de leitura de primeiro primária, que serve para entender a ler e “não abria”, garante.

    • Número do cartão (que não corresponde ao número de identificação externo)
    • 15:21. ¡¡FUGA NEUTRALIZADA
    • a determinação da quantidade certa de ingredientes
    • 2 Quais são os passos a acompanhar pra formar um quadro-síntese
    • FAULKNER, W. Absalão! Absalão!, 1936
    • PASSEAR de BARCO PELAS GRUTAS E CAVERNAS DE BENAGIL, LAGOA
    • cinco The Batman (2004-2008)
    • Roubo e perda de documentação

    Foi assim que decidiram consultar o seu caso com especialistas em psicologia e pedagogia. Aos 26 meses escreveu a tua primeira expressão, o teu nome, na parede de moradia e aos 27 “escrevia tudo”, conta Sandra. Tal é o teu desenvolvimento que está até escrito um livro chamado “Calíope”. “É a menina mais precoce do universo em publicar um livro”, anuncia tua mãe.

    Tanto ela como Francisco possuem a intenção de que aparece no Guinness dos recordes, em razão de “bate de sobra o anterior, definido em uma moça de quatro anos e meio”. Segundo seus pais Claudia é uma moça muito observadora e escreve “coisas incríveis”.

    gosta de os poemas de a musicalidade que contêm e os canta. “Um dia vimos o teu catálogo, passamos tudo o que estava escrito a limpo, e levamos para a impressão pra fazer cópias em sua própria letra”, conta Sandra. A pequena, que em novembro vai executar os três anos, também domina tocar piano.

    “Eu amo a música clássica, em especial o piano e no momento em que compramos começou a estudar”, relata o pai. Ele, como professor de literatura, ficou muito espantado quando sua filha reconhecia a personagens literários. “Depois fui acostumando”, diz. Francisco admite que a velocidade vertiginosa a que aprenda Claudia é muito difícil de escoltar, assimilou a hora exata em questão de dias, e “nesta ocasião estamos com os idiomas, nomeadamente aprendendo italiano e inglês”, explica o pai.

    Marcações: