Pular para o conteúdo

Crise Energética Da Venezuela

    Crise Energética Da Venezuela 1

    A segunda foi uma seca duradoura que fez com que a água no reservatório da usina Hidrelétrica Simón Bolívar alcançasse níveis baixos. Embora o dia vinte e nove de agosto nesse ano, o reservatório de Guri atingiu o teu nível ótimo de operação.

    A terceira a ausência de acompanhamento dos projetos de ampliação e de potenciar as usinas termelétricas existentes. A quarta seria a falta de manutenção das turbinas do Guri. A dificuldade energética foi amplamente politizado no Brasil: além da seca, o governo de Hugo Chávez culpou bem como a setores ricos da população de queda, assegurando que derrochaban da energia elétrica. Venezuela, o principal exportador de petróleo da américa do Sul, está sofrendo de uma longa seca, que reduziu significativamente o volume de água dos reservatórios das usinas hidrelétricas.

    Para o ano de 2009, 73% da energia elétrica consumida pelos venezuelanos dependia destas centrais. A busca máxima registrada em 2008 foi de 16.300 MW e para 2009, foi de 17.300 MW, sem julgar a demanda não suprida (antecipadamente racionada). Além do mais, o consumo de eletricidade do nação tem estado a aumentar em 6% ao ano, percentual que supera o ritmo de crescimento da oferta elétrica que se tem vindo a instalar.

    em 2010, o nível da barragem havia ficado nove metros abaixo de teu grau excelente. Se o nível do reservatório de Guri desce abaixo de 240 m de altitude, várias turbinas da central não conseguem funcionar, e reduziria a oferta elétrica do país. O Guri está a treze metros do que chamam o grau de colapso.

    De voltar estes parâmetros, teria que suprimir as plantas do Guri, que geram energia elétrica para a metade da Venezuela. Essa é a realidade. Também acusou a oposição venezuelana de causar pavor na população ao falar de “colapso”. Operar abaixo desta cota é prejudicial, já que poderia entrar vapor de água pra turbinas, fenômeno chamado de cavitação, o que poderá gerar danos mecânicos às mesmas.

    Pro dia 15 de abril de 2010, a barragem do Guri alcançou os 8.Setenta e nove metros acima do grau do colapso; contudo, no dia seguinte, o nível aumentou de um centímetro, o primeiro acrescentamento relatado em meses. No dia vinte e três de abril, o Ministro do Ambiente, Alejandro Hitcher, assegurou que o Guri alcançado um ritmo de progresso normal dentro de 15 ou 20 dias. Ademais, as centrais que estavam funcionando, vários não o faziam à experiência máxima: se criavam 3.800 MW, quando a perícia instalada era de 9.051 MW.

    Uma das principais usinas termelétricas do estado, Andar, Centro, retém uma competência instalada de 2 1000 MW, distribuída em 5 unidades de 400 MW cada uma. Nos últimos meses, apenas duas unidades se encontravam operacionais, gerando em torno de 450 MW.

    apesar de que os fundos pra reativar uma unidade adicional foram entregues há meses, para o início da crise da obra apresentava um atraso de vinte e um meses. Posteriormente, em vinte e sete de março, uma unidade foi detida por manutenção. Para início de abril de 2010, Andar Centro opera somente com uma unidade de 400 MW, que só está a gerar 250 MW. Especialistas elétricos encontram pouco viável que Andar Centro consiga se recuperar a curto prazo, alegando falta de manutenção nos últimos anos como a principal circunstância.

    • Três Instalações e serviços
    • 1 A República 6.1.1 As forças políticas bascas no decorrer da República
    • Pedro: Porque há moços que se aproveitam
    • O que valoriza os fundos BBVA Quality perfilados,

    Josefa Camejo, opera um 33% de sua perícia. Este défice vem sendo criticado pela oposição, alegando que nos anos anteriores, o governo venezuelano não fez os investimentos necessários para acrescentar a capacidade de formação elétrica no mesmo ritmo que o desenvolvimento da demanda.

    Por outro lado, o governo acusou setores da população de “desperdício” electricidade, e salientou o acontecimento de que a Venezuela é o país com superior consumo de eletricidade per capita da américa Latina. Alí Rodríguez, negou que o governo não fez os investimentos necessários, se bem que reconhecendo que há atrasos pela execução dos projetos.

    Marcações: